terça-feira, 9 de agosto de 2016

RÁPIDAS SACADAS DA SEMANA

MENOS PELÉS, MAIS VANDERLEIS...
Alegando compromissos comerciais, Pelé se recusou a ascender a pira olímpica. Ao que parece, dinheiro não é tudo, mas é 100%. Pior para o Pelé! Em seu lugar, o heroico Vanderlei Cordeiro compareceu. Ótima escolha! Sem a grife do rei, mas representando o mais autêntico espírito olímpico, Vanderlei é um exemplo que devemos levar para o nosso cotidiano. Ao que parece tá sobrando Pelé e faltando Vanderlei no mercado corporativo. Os RHs que o digam.
O ADEUS DE GISELE!
Gisele fez seu último desfile! Nossa top model mostrou o que o Brasil tem de melhor por um desfile de mais de 100 metros que encantou o mundo na abertura da “Rio 2016”. Sentiremos falta!
VALE A LEITURA!
No livro “O óbvio que ignoramos” de Jacob Pétry, você poderá conhecer a trajetória da modelo brasileira e todos os seus percalços. Acredite, ninguém “botava fé” no futuro de Gisele nas passarelas, a não ser ela e seu pai. O final da história todos já sabem.
O que isso nos ensina? Você não precisa que acreditem em você. Não espere por isso! Se você acreditar já é mais do que o suficiente! O problema é que o mundo está cheio de gente descrente de si própria. Aí fica difícil...
O PELÉ NÃO FEZ FALTA, JÁ O SAFADÃO...
Pouca gente deve ter sentido falta do rei, mas quando entraram Elza Soares, Zeca Pagodinho e Ludmilla, um país inteiro sentiu falta da Ivete e do Safadão. Só me resta parabenizar aos cantores presentes. Não pela atuação que foi proporcional ao seus talentos – ou a falta dele, mas pelo bom relacionamento que desenvolveram para terem sido convidados a participar de uma festa do porte da Abertura das Olimpíadas.
Nunca pensou que o Zeca Pagodinho fosse te ensinar alguma coisa sobre negócios, né? Nem eu! Mas já que ensinou, vamos aprender: Invista em seus relacionamentos e, se você for cantor, contrate um bom assessor de imprensa e um empresário melhor ainda.
POR FALAR EM MÚSICA...
Essa semana, recebi uma mensagem inusitada. Um empresário, que está montando uma banda de arrocha, procurou-me pedindo sugestões de nome para a banda. Alguns podem achar que ele é incompetente, preguiçoso ou pouco criativo.
Eu penso que ele é inteligente, afinal, duas cabeças pensam sempre melhor do que uma. Infelizmente, empresários que possuem centenas de funcionários insistem em “pensar” o seu negócio sozinhos trancado em uma sala. Enquanto estiver dando certo, maravilha! Mas uma hora começa a dar errado! Com o perdão do trocadilho, aí sim, o negócio vai arrochar de vez!
POR FALAR EM CRIATIVIDADE...
No melhor estilo “nada se cria, tudo se copia”, o instagram resolveu “incorporar” os recursos do snapchat ao seu aplicativo. Provavelmente, uma tentativa de revidar a recusa do snap pela oferta de compra feita alguns anos atrás.
O resultado só o futuro dirá, mas uma coisa é certa: se você receber uma oferta de aquisição de alguém muito maior do que você, pense seriamente em vender. Caso contrário, esse tal concorrente pode tentar te provar que você tomou a decisão errada. Aí, já pode ser tarde demais!
AVISO

Por razões editoriais, a coluna não pode ser publicada inteiramente neste veículo. Para ter acesso ao conteúdo completo, acesse invistafacil.com.

EU NÃO SOU O SEU GURU!

No último dia 15, a Netflix lançou o documentário: “Eu não sou o seu guru!”. Se você já é assinante, reserve um horário ainda essa semana para assistir. Se você ainda não é, assine ou vá assistir na casa de um parente ou amigo, mas veja.
O documentário mostra um pouco do que se passa no seminário “Encontro com o destino.” de Tony Robbins. Considerado por muitos o maior coach do mundo, Robbins é um homem de presença impactante. Corpulento, com quase dois metros de altura e com um palavrão sempre  à boca, esse é o Tony.
No entanto, percebe-se que por trás disso tudo, por trás da fama, do dinheiro, por trás de tudo, existe um homem amável que ajuda milhões de pessoas mundo a fora com os seus conhecimentos, experiência, sagacidade... e amor.
Porém, apesar de tudo isso, apesar de todos os predicados, apesar dos milhares de fãs e seguidores, ele faz questão de deixar claro: “Eu não sou o dono da verdade! Meu caminho, não necessariamente é o certo ou o melhor! Eu não sou o seu guru!”.
Há alguns meses atrás, fiz uma transmissão nas redes sociais falando exatamente sobre isto: “Eu não sou um guru!”. Não que eu estivesse me comparando com Robbins, longe de mim, mas naquele momento eu já percebia a necessidade que as pessoas têm de ter um guru. A necessidade de ter alguém não somente em quem se espelhar e inspirar, mas que possa ser seguido.
Pessoas não são bússolas! Cada um possui seu próprio caminho e deve trilhá-lo por si só! Se você ainda não descobriu o seu, continue procurando. Quando você encontrá-lo, sua vida começará a fazer real sentido e você verá que não é preciso de um guru para atingir seus objetivos.
Muita gente busca riqueza no mundo. Depois do amor – ou talvez até mesmo antes dele – a riqueza é o maior objeto de desejo que temos. Bilhões de pessoas mundo a fora buscam criar, ampliar e multiplicar sua riqueza. Nesse intuito, desperdiçam suas vidas em busca de alguém que lhes mostre o caminho.
“Uau! Esse tal de Tony Robbins é um cara muito, muito rico! Vou a um de seus seminários para aprender a enriquecer.”. É assim que a maioria das pessoas pensa. Elas não se dão conta que Tony chegou ao sucesso financeiro por um único motivo: descobriu sua missão e a segue com fervor.
E sabe de uma coisa? Quanto mais pessoas ele impacta, mais rico ele fica. Se você deseja construir riqueza, você não precisa de um guru para te mostrar o caminho. Você não precisa de Tony, do Kiyosaki, do Cerbasi, de mim ou de quem quer que seja. A única pessoa de quem verdadeiramente você precisa é de si mesmo.
Por inúmeras razões, nunca achamos que temos o suficiente para executar nosso plano e atingir nossos objetivos. Nunca temos dinheiro suficiente, conhecimento suficiente, experiência suficiente, tempo suficiente. Tudo isso é verdade, mas sabe de uma coisa? Ninguém tem! Você é só apenas mais um nessa situação!
Você pode continuar em busca de gurus ou pode decidir seguir o seu próprio caminho, a escolha é sua! O que vai escolher?
Samuel Magalhães é Consultor especializado em Finanças e Negócios e fundador do Portal www.invistafacil.com.
Acompanhe as notícias diariamente do Portal de Notícias Aconteceu Ipu pela rede social: #AconteceuIpu (Facebook da nossa redação). Entre em contato pelo whatsapp: (88) 9.9916-7711. Contrate também nosso Departamento de Marketing para cobertura de eventos pelo telefone: (88) 9.9600-1918. Nosso site e nossa empresa não tem conotação política partidária com nenhum Grupo Político.

O QUE CRISTIANO RONALDO TEM A NOS ENSINAR!?

No último domingo, Portugal sagrou-se campeão da Eurocopa. Com um gol de Éder, no primeiro tempo da prorrogação, o time lusitano quebrou dois tabus de uma só vez: ganhou da França em competições oficiais – algo que nunca tinha ocorrido até então – e levou a Eurocopa para casa.
Porém, o que mais me marcou nessa Euro não foram as façanhas portuguesas, mas sim um português: Ronaldo, Cristiano Ronaldo.
Confesso que nunca fui muito fã do camisa sete do Real Madri. Não que eu não o achasse um grande jogador, sua qualidade é indiscutível e nunca questionei isso. No entanto, nunca gostei muito daquele jeitão marrento e exibicionista que são típicos do português.
Sempre preferi Messi. E aqui falo não somente em termos futebolísticos, mas também de personalidade. Afinal, não dá para separar o jogador do ser humano. Somos uma coisa só! Mais discreto, reservado e tão ou mais talentoso que o portuga, o estilo de Messi sempre me agradou mais. Até essa Euro...
Eu – e o mundo – tivemos a oportunidade de conhecer um Cristiano que até então não fazia ideia que existia. Sim, o gel no cabelo continuava lá. Sim, sempre que podia ele ficava admirando sua beleza no telão. Algumas coisas não mudam, mas uma mudou: seu comportamento.
Não que Ronaldo fosse um jogador com mau comportamento, muito pelo contrário. Sua dedicação aos treinos e seu profissionalismo são conhecidos e não é de hoje. No entanto, uma cena me marcou e, acredito eu, tenha marcado a todos que a presenciaram.
Pelas quartas-de-final, Portugal enfrentou a Polônia e a eliminou na disputa de pênaltis. Até aí, nada demais, certo? Certíssimo! No entanto, a postura que Cristiano teve foi exemplar. O português mostrou que, além de craque, é um grande líder. Em um vídeo que viralizou na internet – confira no meu instagram @oinvestidor -, o português mostrou todo seu apoio a João Moutinho, um companheiro de equipe que parecia não estar muito confiante para encarar os pênaltis.
“Oh! Oh! Venha bater! Venha bater! Você bate bem! Se perdermos, que se f... Vem! Seja forte!” Para você talvez pareça bobagem, mas acredite, era tudo que Moutinho e os outros atletas precisavam: confiança. E Cristiano deu isso a eles.
Na final, depois de jogar poucos minutos, o craque português teve que sair de campo com uma lesão no joelho. Para muitos, estava decretado o destino da Euro, a França sairia campeã. Afinal, o que seria de Portugal sem o seu craque, não é mesmo?
Porém, após receber tratamento médico, Cristiano voltou para a beira do campo e mostrou que o craque não estava mais em campo, mas o líder estava mais presente que nunca. O resultado, vocês já sabem!
Uma equipe pode até ser campeã sem um craque, mas jamais o será sem um líder! As pessoas precisam de um norte, de um apoio. As pessoas precisam de alguém que confie nelas quando, nem elas mesmas confiam mais. Essa é a essência da liderança.
Por mais Cristianos nas nossas empresas, universidades, política, seleção brasileira... é isso que tem faltado à nossa sociedade.
Samuel Magalhães é Consultor especializado em Finanças e Negócios e fundador do Portal www.invistafacil.com.
Acompanhe as notícias diariamente do Portal de Notícias Aconteceu Ipu pela rede social: #AconteceuIpu (Facebook da nossa redação). Entre em contato pelo whatsapp: (88) 9.9916-7711. Contrate também nosso Departamento de Marketing para cobertura de eventos pelo telefone: (88) 9.9600-1918. Nosso site e nossa empresa não tem conotação política partidária com nenhum Grupo Político.

Você está preparado para o TSUMONEY?

“Ei, ei, tu nem sabe? Eu vou investir na Bolsa!”. Foram com essas palavras que fui recepcionado por uma cliente ao chegar à sua empresa. A ausência do costumeiro “Boa tarde!” ou algo que o valha foram prontamente perdoados. Sua empolgação era notória! Dava para ver o brilho em seus olhos. Brilho semelhante aquele que se encontra em pessoas que apaixonadas. Eu sabia bem o que era isso! Há dez anos atrás, também me apaixonei – pela Bolsa – e senti o mesmo que ela estava sentindo.
O trabalho que desenvolvo junto a essa cliente é focado na empresa: gestão financeira, melhoria dos processos organizacionais, esse tipo de coisa. Resolvi então perguntar o motivo daquele súbito interesse e empolgação pela renda variável e ela me contou: “Eu quero aproveitar o Tsumoney! Eu quero ficar rica investindo na Bolsa!”.
O tal “Tsumoney” a que ela se refere é um termo cunhado pela Empiricus Research, uma casa de análise que faz recomendações sobre o mercado financeiro. Apesar de considerar um pouco espalhafatosa a abordagem de venda dos caras, sou obrigado a admitir: eles são sérios, imparciais e muito competentes.
A propósito, isso é uma constatação, não uma opinião! Basta ver os números. Sei o que você deve estar se perguntando neste exato momento: Quanto o Samuel está sendo pago para falar isso? Quanto ele está recebendo para divulgar essa empresa para os mais de 130 portais, jornais e revistas de 20 estados da Federação para os quais ele escreve?
Sabe quanto estou ganhando? Absolutamente nada! O trabalho que eles fazem é tão importante que considero utilidade pública divulgá-lo! Esse não é um publi-post – aqueles artigos que se escreve falando bem de algum produto, serviço ou empresa em troca de alguma remuneração. Não, não é!
Esse é um artigo de alguém que há dez anos é apaixonado pela Bolsa de Valores e que lamenta que tenhamos tão poucos investidores em nosso país! É um artigo escrito por alguém que sabe do potencial que o investimento em renda variável pode ter para o seu futuro financeiro, mas que você, por desconhecimento ou falta de interesse, ainda não sabe... e precisa saber!
Quem me conhece sabe que existem duas bandeiras que eu sempre levantei e continuarei a levantar até o fim da vida: uma é a do empreendedorismo e a outra é da educação financeira. Pena que os nossos governantes parecem não concordar comigo.
Já que os políticos não fazem a parte deles, cabe a mim, ao pessoal da Empiricus, do Dinheirama e diversos outros, fazermos a nossa!
Cada brasileiro impactado é uma vitória! Cada pessoa que decide abrir a sua empresa ou investir na Bolsa é uma conquista! E, assim, de vitória em vitória, de conquista em conquista, vamos tornando o Brasil um país mais rico, não apenas em termos financeiros, mas principalmente, em conhecimento e valores. Algo que, convenhamos, tem estado um pouco em falta!
Bolsa de Valores não é cassino, não é jogatina, não é sorte nem nada disso! O que ela é, na verdade, é uma grande possibilidade para construirmos uma vida financeira mais próspera... com ou sem “Tsumoney”.
A oportunidade está divulgada, aproveitá-la ou não só depende de você!
Samuel Magalhães é Consultor especializado em Finanças e Negócios e fundador do Portal www.invistafacil.com.
Acompanhe as notícias diariamente do Portal de Notícias Aconteceu Ipu pela rede social: #AconteceuIpu (Facebook da nossa redação). Entre em contato pelo whatsapp: (88) 9.9916-7711. Contrate também nosso Departamento de Marketing para cobertura de eventos pelo telefone: (88) 9.9600-1918. Nosso site e nossa empresa não tem conotação política partidária com nenhum Grupo Político.

3 PASSOS PARA CONSTRUIR A VIDA FINANCEIRA DOS SONHOS!

Eu estava quebrando a cabeça para escrever o artigo desta semana e as ideias não surgiam. Resolvi então verificar a caixa de entrada para ver se havia chegado algum novo e-mail, quando me deparo com a mensagem da Dayana. Pronto, agora eu tinha uma pauta.
Dayana é uma advogada de vinte e cinco anos, em início de carreira, que tem um salário compatível com sua posição, mas não com seus sonhos. A maternidade, ter o próprio escritório de advocacia e a independência financeira por enquanto parecem não caber no orçamento.
As viagens que Dayana tanto gosta, por enquanto, precisam ser deixadas de lado, pois o salário que recebe é suficiente para pagar as contas do mês e não mais que isso.
O Brasil está cheio de Dayanas, Anas, Paulas, Marias, Thiagos, Fabrícios... que vivenciam dia a dia, semana a semana, mês a mês, essa mesma situação. Como conseguir mudar essa realidade? Como sair dessa situação?
A saída é simples, porém não é fácil! Para deixarmos de trabalhar apenas para pagar as contas e começarmos a poupar dinheiro para atingir nossos objetivos financeiros, precisamos basicamente de três coisas: determinação, disciplina e inteligência.
Determinação porque essa mudança irá exigir que saiamos da nossa zona de conforto. Exigirá que abdiquemos daquele restaurante bacana no fim de semana, daquela festa badalada que todos os nossos amigos vão, de trocar de carro com a frequência que gostaríamos e de outras coisas mais.
Disciplina porque o mais difícil não é mudar, mas sim transformar a mudança em um novo hábito. Se mudar já é difícil, imagina mudar definitivamente. Em se tratando de hábitos financeiros, disciplina é imprescindível para o sucesso.
E por último, mas não menos importante, inteligência. Inteligência para encontrar alternativas para aumentar a receita e reduzir os gastos mensais de modo a tornar os objetivos financeiros que no momento parecem distantes e improváveis, mais próximos e factíveis.
Talvez você esteja pensando: “Putz! Isso é muito difícil!”. Concordo contigo, não é fácil! Lembre-se, eu não disse que seria fácil. E, afinal de contas, o que é fácil nessa vida?
Além de não ser fácil, lembre-se que os resultados não aparecerão do dia para a noite, mas sim serão construídos mês a mês ao longo de anos a fio.
Estou dizendo isso, não para te desestimular e fazer com que você continue levando a vida que leva e desista de lutar pela vida que quer. Estou te dizendo isso para que você prepare para o que está por vir e consiga efetivamente efetuar as mudanças que você precisa ter no campo profissional e financeiro.
Seu futuro começa a ser construído hoje! Que futuro você pretende criar para si e para aqueles que ama?
Determinação, disciplina e inteligência. Se ainda te falta um desses atributos, trate de conseguir o quanto antes. Já passou da hora de caminhar rumo às conquistas.

Samuel Magalhães é Consultor especializado em Finanças e Negócios e fundador do Portal www.invistafacil.com.
Acompanhe as notícias diariamente do Portal de Notícias Aconteceu Ipu pela rede social: #AconteceuIpu (Facebook da nossa redação). Entre em contato pelo whatsapp: (88) 9.9916-7711. Contrate também nosso Departamento de Marketing para cobertura de eventos pelo telefone: (88) 9.9600-1918. Nosso site e nossa empresa não tem conotação política partidária com nenhum Grupo Político.

Tecnologia do Blogger.